11/12/2008

CINEMA A VIDA TODA...


"O realizador não é criador, é criatura"

Manoel de Oliveira

Também nós não esquecemos o dia em que MANOEL DE OLIVEIRA, cidadão do Porto e símbolo universal da "sétima arte" celebra o seu 100º aniversário.

Para além da paixão pelo cinema, foi praticante de atletismo e corredor de automóveis. Só deixou de conduzir aos 97 anos por não estar mais disposto a fazer testes psicotécnicos. Diz que só descansa verdadeiramente quando está a filmar. Incansável trabalhador, afirma que em casa falta-lhe espaço e na vida falta-lhe tempo. Talvez por isso, passou o seu aniversário rodando Singularidades de uma Rapariga Loura.

ANIKI-BOBÓ é um dos seus filmes mais emblemáticos realizado em 1942 e que conta a história simples dos meninos da "Ribeira".


Foi este filme que esteve durante o dia a passar na Biblioteca ao dispor dos alunos que por lá passaram.

Fizemos, ainda, uma pequena exposição de que damos conta nas imagens a seguir.

PARABÉNS MANOEL DE OLIVEIRA !

3 comentários:

Maria disse...

Adorei e queria agradecer todo o empenhamento que tens posto no blog.
Afinal, tu é que és o "ar" da Areosa.
Esperamos contar contigo muito tempo!
Amélia

Anónimo disse...

Às vezes passo por aqui e gosto dos "ares".
Vê-se que há dedicação, qualidade, bom gosto e tempo...
Está-se mesmo a ver que a ADD na Areosa também está "parada", ou andariam à volta com as famosas grelhas!
Continuem a mostrar aos vossos alunos e aos bloguistas em geral , que há, de facto, professores excelentes!!
Uma colega de profissão


T

BRISADAREOSA disse...

O "BRISADAREOSA", apenas possível pelo contributo dos professores desta escola, agradece estas simpáticas palavras e promete continuar a empenhar-se (ou não fossem estes tempos de crise...) para não desiludir os seus leitores.